48 3224 1380 contato@colegiosolucao.com.br

ENEM – 10 Coisas que você deve saber

ENEM – 10 Coisas que você deve saber

Para ser aprovado no Exame Nacional do Ensino Médio-ENEM não basta apenas estudar. Nesse caso existem algumas coisas que você deve saber para o Enem que fazem toda a diferença no resultado final.

 

A boa notícia é que reunimos as 10 coisas principais que você precisa saber antes de fazer a prova do Enem para que dessa forma seja possível garantir uma boa nota e, consequentemente, uma vaga na Universidade.

 

Acredite, sabendo essas 10 coisas você estará mais bem preparado para enfrentar esse desafio e obter um excelente resultado na prova do Enem. Confira!

 

 

Coisas que você deve saber para o Enem

 

 

  1. Quando a elaboração da prova é finalizada?

Se tem uma coisa que deixa os estudantes que vão fazer a prova do Enem preocupados é o estudo das atualidades. Por isso, é comum que eles fiquem na dúvida sobre quando a elaboração da prova é finalizada, até mesmo para ter uma noção sobre o que mais pode cair em relação a esse tema.

 

Esta é uma das coisas que você deve saber para o Enem. Se ainda não sabe, então basta conferir as questões aplicadas nas provas anteriores, pois elas dizem muito sobre o período em que a finalização das questões que irão compor a prova do Enem acontece.

 

Se você analisar os textos de apoio das provas do Enem de outros anos, verá que o período de finalização da prova possivelmente se dá entre maio e junho.

 

Agora não se prenda a isso e deixe de ficar atento aos eventos que ocorrem depois desse período. O importante é você estar sempre atualizado para garantir boas notas no Enem e assim conquistar a tão sonhada aprovação neste exame.

 

  1. Composição do exame

Uma das coisas que você deve saber para o Enem, principalmente se está fazendo esse exame pela primeira vez, é a composição dele, ou seja, quais matérias o Enem cobra.

 

Pois bem, basicamente o Enem aborda as disciplinas de:

  • Matemática (raciocínio lógico e cálculo)
  • Ciências Humanas (História, Geografia, Sociologia e Filosofia)
  • Ciências da Natureza (Química, Biologia e Física)

A prova do Enem também aborda conteúdo envolvendo Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Tecnologia da informação, Arte e Literatura).

 

  1. Chutar na prova do Enem vale a pena?

Pode até não parecer, mas se você não tem certeza sobre a resposta de uma determinada questão, o chute pode sim ser uma boa opção.

 

Isso porque o Enem passo a avaliar, desde 2009, a coerência pedagógica das respostas dadas pelos alunos, usando uma teoria chamada de Teoria de Resposta ao Item-TRI.

 

De acordo com essa avaliação, os alunos que acertam questões difíceis, tem mais chance de acertar as fáceis, agora se um aluno erra muitas questões fáceis e acerta algumas difíceis, subentende-se que ele chutou a questão. Sendo assim os pontos a serem dados para o aluno nesse caso tende a ser menor.

 

De qualquer forma, chutar ainda é melhor do que se você deixar a resposta em branco, pois nesse caso não estará ganhando ponto algum.

 

  1. O grau de dificuldade da prova é o mesmo!

Mesmo que você ache que a prova do Enem do ano passado foi mais fácil do que este ano, isso definitivamente não acontece, pois o sistema adotado pelo Enem se baseia em um grau de dificuldade equivalente entre os anos.

 

  1. No Enem o número de acertos iguais não quer dizer notas idênticas

Uma das coisas que você deve saber para o Enem é que nem sempre ter o mesmo número de acertos de outros estudantes, quer dizer que você obterá a mesma nota que eles.

 

Isso porque o Enem leva em consideração a coerência pedagógica, conforme falei mais acima, lembra?! Por esse motivo é que um estudante pode ter o mesmo número de acertos na prova de outro e ainda assim obter uma nota superior ou inferior a dele.

 

  1. A redação do Enem é fator de classificação

Com certeza você já deve ter conhecido alguém que foi super bem na prova do Enem e que mesmo assim não obteve a aprovação, certo?!

 

Nesse momento você deve ter se perguntado: Mas como isso é possível? A resposta é simples: provavelmente essa pessoa não foi bem na redação do Enem.

 

Tirar uma boa nota na redação é tão importante quanto fazer uma excelente prova. Isso porque a nota da redação é fator de classificação, ou seja, com ela você pode garantir a vaga na Universidade ou então tentar novamente no Enem do ano seguinte.

 

  1. A resposta muitas vezes está no próprio enunciado

Prestar atenção no enunciado das questões é uma das coisas que você deve saber para o Enem 2017.

 

Isso porque boa parte das provas hoje em dia acabam colocando a resposta da questão no próprio enunciado, como uma forma de “pegadinha”, para verificar o grau de atenção dos alunos em relação as questões de prova.

 

  1. Tem como zerar alguma prova do Enem?

Com certeza! Normalmente existem duas formas de zerar alguma prova do Enem: se você deixar alguma matéria totalmente em branco e não marcar questão alguma no cartão de resposta.

 

Mesmo que você marque todas erradas, o TRI usa parâmetros para avaliar a coerência das suas respostas e nesse processo você pode ganhar alguns pontinhos. A outra situação é na redação!

 

  1. Ler os textos de apoio é muito importante

Tudo bem que boa parte dos textos de apoio presentes nas provas do Enem são gigantes, mas nem por isso você deve deixar de ler esses textos em sua totalidade.

 

Ler os textos de apoio por completo é importante, pois como o próprio nome diz, eles servirão para dar suporte a você na hora de responder as questões. Sendo assim, a dica é fazer uma leitura otimizada, destacando as partes principais, até mesmo para que você não perca muito tempo nessas leituras.

 

  1. Validade da nota do Enem

Se você está fazendo o Enem para usar a nota nos programas Sisu e ProUni, então a validade da nota é de um ano, ou seja, se você quer concorrer as vagas destes programas em 2018, então precisa fazer as provas do Enem de 2017.

 

Gostou do artigo sobre as principais coisas que você deve saber para o Enem? Então deixe o seu comentário e compartilhe conosco as suas dúvidas sobre esse assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *